terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

"COMENDORANDO" os quilos a menos

Olá, Esbeldades!!

Tudo tranquilo? Eu ia colocar essa rapidinha no face, mas resolvi escrever um pouco mais e talvez o post fique meio exagerado para uma timeline. Já que o almoço está pronto e a minha correria de hoje só começa de tarde, vim aqui dar uma papeada com vocês. 

Logo eu, que estava linda, maravilhosa e 4kg mais magra (hahahaha) ontem, resolvi ficar com a boca nervosa hoje pela manhã. Fuén. 



Ok, a foto foi só ilustrativa. GRAÇAS A DEUS eu não comi assim. Na verdade eu comi dois cookies e uma xícara de sucrilhos fora de hora, sabem?  Não é o fim do mundo, mas também é relativamente sério para a hora do dia em que estamos: essa pequena mudança vai afetar o meu esquema diário pois andei comendo pontos de manhã que farão falta à tarde e à noite. Eu sei que eu tenho os flex ainda, mas não fazia parte do meu plano gastá-los em uma terça-feira com um feriado promissor de gordices, néah? rs

Procurando imagens para ilustrar o post, encontrei algumas interessantes e ao ler suas reportagens me dei conta de algo especial:

Eu comi porque estava a fim de beliscar e de doce. Comi com culpa (infelizmente) mas com consciência (pelo menos!), tentando controlar o "estrago iminente" da melhor maneira. E vejam bem: ao invés de comer o pacote de cookie INTEIRO, eu comi dois e me contentei em beliscar sucrilhos. Sucrilhos estes que foram MEDIDOS - exatamente 1 xícara; nada de comer direto do saco. Dos males, os menores, né?

Antes de finalmente recomeçar os vigilantes do peso, eu estava comendo compulsivamente de verdade. Tratei disso aqui. Hoje, relendo alguns sites e blogs que tratam do assunto, percebi que não me enquadro mais nos sintomas. Pelo menos, por hora, não. rs

Pela primeira vez nos últimos tempos eu comi sem ter o desespero de "comer o máximo possível antes que alguém me pegasse no flagra". Não comi exagerada nem muito rapidamente. Por fim: não estou com raiva de mim nem sentindo-me culpada. 

Comi. Ok. Só isso. 

Por que comi?

Não sei... Talvez porque tenha tido uma insônia surreal essa noite - estou de pé desde 2:50 da manhã, sem cochilos! Por ter acordado tão cedo, tomei café-da-manhã antes do meu horário - o que pode ter contribuído para o aumento da fome antes do almoço. Pode ser uma razão.

Pode ser que eu tenha  ficado mais inclinada à comer doce porque estou de TPM.

Pode ser que tenha sido porque esta manhã estive com tempo e essa ausência de atividade tenha aguçado meu interesse na velha bengala de sempre: a comida.

Pode ser isso tudo ou nada disso.

E é por isso que estou feliz:, antes comer por razões que desconheço do que identificar os velhos motivos que me faziam comer cheia de remorso e culpa.

:)


Beeeeeeeeeeeeeeeijo

4 comentários:

  1. Mari, pode ter sido mesmo um bando de coisas, mas mais importante é você ter q consciência de voltar à linha rapidamente. Quantas vezes olhei a balança, fiquei mega feliz e fui "comemorar" inconscientemente e voltei a comer doidamente por achar que jamais conseguiria. Esse sentimento é que não pode proliferar mesmo. O que passou passou e é hora de ir em frente!!! Bjs e força aí

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, Rachel! Estou contigo. Olha, eu nem estou com a sensação de ter "jacado". Eu comi aquilo mas não estou na pilha de zonear o resto do dia. Foi bem mais tranquilo. Estou até me sentindo uma pessoa "normal" quanto à comida. Mas vc tá certa: "orai e vigiai". Eu não posso ter a sensação de comodidade com comida porque ela é meu vício. Cuidado é um imperativo! Obrigada pelo apoio! Um beijo carinhoso!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. O que Nanda sempre me diz é "O bom é que SEMPRE podemos retomar a disciplina".
    Não foi falta prá cartão, jogo que segue :))))
    Vc tem insônia sempre? Já tratou isso? Minha mãe sofria muito com insônia, mas melhorou muito depois de diagnosticar as causas e tratar.
    Beijokas

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário